Edição #12

Baixe já, é gratuito

img

fique ligada!

Insira o e seu e-mail e fique por dentro do que acontece no mundo fashion por aqui

jul 03

Vem com a gente saber tudo sobre o ballet, estilo de dança que a gente ama

ÂMBAR MAG

Na ponta dos pés

Você é bailarina? Tem sapatilha e tutu? Não imagina sua vida sem piruetas e pliés? Então, vem com a gente saber tudo sobre esse estilo de dança que a gente ama.

Por Juliana Poeys

Plié, tendu, jeté, fondu…

Pelos nomes dos passos, essa dança só pode ter vindo da… França? Não! O balé começou mesmo na Itália, por volta de 500 anos atrás. Nessa época, os nobres italianos divertiam seus ilustres visitantes com espetáculos de poesia, música, mímica e dança. Depois disso, o balé foi levado para a França e aprimorado pelo bailarino e coreógrafo Pierre Beauchamp, que definiu as cinco posições básicas dos pés usadas no ballet clássico. A dança passou a ser apresentada nos palcos de teatro e chegou à Rússia (simmm…a terra do Bolshoi!), ganhando força com os espetáculos produzidos pelo russo Marius Petipa. Ele é considerado o pai do balé clássico e coreógrafo de alguns dos espetáculos de dança mais famosos do mundo inteirinho: “A Bela Adormecida”, “Quebra- Nozes” e “O Lago dos Cisnes”! O balé variou bastante de estilo ao longo dos anos, mas estes princípios básicos nunca mudam: postura ereta, uso do en dehors (rotação externa dos membros inferiores), movimentos circulares dos membros superiores, verticalidade corporal, disciplina, leveza e harmonia.

Escolha seu estilo e se jogue!

Você é do tipo clássica ou segue mais a vibe fitness? O balé pode ser dividido em três estilos: o Ballet Romântico, o Clássico e Contemporâneo. O Ballet Romântico traz a magia e a delicadeza nos movimentos, em que a mocinha é sempre frágil, delicada, apaixonada e geralmente usa um tutu florido, lembrando as moças do campo. No Ballet Clássico são usados passos bem mais complicados, giros e movimentos mais dramáticos, tudo isso para formar um conjunto perfeito com a história que vai ser contada na apresentação. Já o Ballet Contemporâneo é uma forma de dança influenciada pelo balé clássico e pela dança moderna, bem mais ousado e cheio de expressividade. Além desses três tipos, um novo estilo está conquistando galera e virou uma das modalidades disponíveis na Âmbar Escola de Dança: o Ballet + Fitness. Ele é uma misturinha dos movimentos clássicos e exercícios funcionais, uma opção incrível para quem quer se divertir e ficar com aquele shape de bailarina.

Ballet Fashionista

Quem resiste a um look inspirado na delicadeza e na força das bailarinas? Isso sem falar nas sapatilhas, nos tons de rosa, nos collants, nos tules… Ai, muita coisa maravilhosa junta, né? O mais legal de tudo é que você não precisa usar essas coisinhas só nas aulas de dança. Dá para adaptar vários elementos e montar looks incríveis para passear por aí. Vem ver!

1. Bem Romântica

Pra montar um look “romantiquinho”, aposte no branco, cinza e nos tons de rosa, além do cetim, tule, laços, veludo e sapatilhas. Combine com casaquinhos leves e estampas floridas para deixar a composição bem fofa. A saia de tule é um item super cool e lembra o tutu, deixando o look total bailarina!

2. Bem Glam

Porque tem gente que veio a esse mundo pra brilhar (literalmente!). No look glam, aposte no glitter, cetim, tule, croppeds e no saltinho. Ouse com peças que fogem do rosa, como a saia de tule preta ou azul clara e em peças de cetim em tons de lilás, por exemplo. Combine com camisas listradas, croppeds, casaquinhos de paetê ou collants transpassados para deixar a composição super fashion!

3. Bem Rock!

Quem disse que não dá pra fazer plié ouvindo Red Hot? As roqueirinhas também tem vez nesse universo. Basta misturar as peças mais delicadas com o couro, tachinhas, coturnos e jaquetões. Preto, vermelho e o verde militar (hit da estação) estão liberados!

Achadinhos para ter!

Não é de hoje que o balé inspira linhas de cosméticos, estilistas e designers no mundo todo. O Boticário lançou no ano passado a linha Make B. Urban Ballet, cheia de batons, paletas de sombra e blush, perfume, rímel e outros itens desejo inspirados no universo das bailarinas. A Melissa também não ficou de fora e fez uma coleção inteirinha de sapatilhas que se parecem com as sapatilhas de ponta usadas na dança! A linha se chama Melissa Ballet Bow e ainda pode ser encontrada em alguns sites de venda de calçados.

Linda dos pés à cabeça

Começar com a sapatilha de ponta é um dos momentos mais legais da vida de uma bailarina, a gente entende. Mas não podemos nos esquecer de outras coisas muito legais como fazer aquele coque lindão para as aulas e apresentações. Presilhas coloridas, redinhas e gel com glitter são dicas valiosas para você brilhar ainda mais na hora de dançar!

Meninos também dançam!

Quer uma dica de filme incrível para ver no final de semana? Billy Elliot conta a história um garoto de 11 anos que vive numa pequena cidade da Inglaterra. Obrigado pelo pai a treinar boxe, Billy (Jamie Bell) fica fascinado com a magia do ballet ao assistir as aulas na academia em que pratica luta. Incentivado pela professora de dança (Julie Walters), ele resolve então pendurar as luvas e se dedicar de corpo e alma a dança, seu maior talento!

compartilhe:
  • image

jun 29

Os 15 anos de Sarah Portugal Fonseca

ÂMBAR MAG

Uma noite mágica de primavera – Assim foi a festa de 15 anos de Sarah Portugal Fonseca, uma noite tão fascinante que parece ter saído das histórias de contos de fadas

Por Juliana Poeys | Colaboradora Carina Melo | Fotos Ana Nogueira

Era uma vez, em um lugar não tão distante daqui, uma linda menina que havia nascido no início da primavera. Ela estava prestes a completar 15 anos e todos os seres mágicos da floresta resolveram fazer uma festa para celebrar o seu nascimento. Fadas, magos e todos os amigos encantados vieram participar desse momento tão especial na vida dela. Essa parece mais uma história de contos de fadas. Mas e se a gente te disser que foi (quase) real? Estamos falando dos 15 anos da Sarah Portugal Fonseca, uma menina linda, inteligente, que deseja ser médica e ama viajar. A festa foi em uma fazenda linda com muito verde, ores e aquele clima mágico da natureza. Foram 8 horas de muita curtição, que só acabou ao nascer do sol. Apesar disso, Sarah revela que ficou com um gostinho de quero mais. Com uma festa assim, quem não caria? Ela conta outros detalhes exclusivos nessa entrevista super bacana.

 

Sarah, conta para gente: qual foi a inspiração para a sua festa? Pensei em várias coisas, mas chegamos ao tema primavera porque eu nasci no dia 24 de setembro, que é bem no início dessa estação. Isso é uma coisa que os meus pais sempre me falaram, desde pequena. Sempre gostei muito disso, além de adorar natureza, praia, animais…

E o seu book… Foi temático, né? O tema foi primavera mística. Eu z foto de sereia, índia, fada e no roseiral, representando os quatro elementos: água, fogo, ar e terra.

Teve dúvidas entre viagem e festa? Sim, tive muita dúvida! Porque eu gosto de viajar. Mas a festa é um momento único para estar entre familiares e amigos. A viagem pode ser feita em outros momentos.

O que você sentiu quando chegou na festa? Ah, foi muito emocionante. A gente já estava organizando há muito tempo, com quase um ano de antecedência. Então eu fiquei imaginando como tudo ia car e é diferente quando você realmente vê como ficou. Adorei tudo, achei tudo muito lindo. Exatamente como eu sonhei.

Como foi dançar com o seu pai? Foi muito legal! (risos) Foi uma valsa diferente, não foi com música tradicional. Meu pai me ajudou a escolher a música, deu opinião. Foi muito divertido ensaiar. Ele dançou sapateado também, teve que aprender especialmente para a coreografia. Além disso, a gente tocou junto na festa, eu no piano e ele na guitarra. Para mim, essa foi uma das partes mais emocionantes da festa.

E com a sua mãe? Foi muito bom! Eu sempre falei que tinha que dançar com ela, o que não é uma coisa muito comum. Eu não podia passar meus 15 anos sem dançar com a minha mãe, nós duas gostamos muito. Escolhi uma música da Beyoncé, que tinha super a ver com a gente. Os ensaios foram muito divertidos.

Qual foi a parte mais legal dos preparativos? Humm.. eu acho que o que eu mais gostei foi de escolher os vestidos. Eu comecei a procurar inspiração de roupas logo assim que decidi fazer a festa. Queria um vestido específico. Fui em uma loja de aluguel e achei um muito parecido. Foi muita sorte! Mas é todo um processo né? A gente foi lá, experimentou o vestido, só que era um tamanho maior que o meu. Eu tive que voltar lá em agosto e a partir daí, tinha que ir quase que de duas em duas semanas para fazer os ajustes. O outro, que eu dancei a valsa, tinha que ser um vestido longo, mas que eu pudesse tirar a saia para depois ficar o macaquinho que eu dancei com a minha mãe. Fomos na Casa Assuf, eles desenharam o que eu queria e a costureira fez. Esse processo de ficar experimentando e idealizando como ia ficar, foi a parte que eu mais gostei.

Se você pudesse fazer outra festa, teria alguma coisa que você faria diferente? Eu acho que eu tentaria aproveitar mais. Eu falo que pra mim parece que a festa só durou duas horas. Porque a gente ca na função de tirar foto no início da festa, o que eu também amei fazer. É muito legal você ver as pessoas chegando, a reação delas. E teve as danças também. Até acabar tudo, eu cava nervosa. Então a parte que eu realmente aproveitei, parece que passou muito rápido. Se eu pudesse voltar, eu teria aproveitado cada segundinho.

Qual dica você daria para uma menina que está planejando a festa? Tem uma coisa que partiu dos meus pais e que eu acho muito importante: você tem que ver quais são as suas prioridades. O primeiro passo é idealizar o que você quer, o tema… é fundamental pra você partir para todos os outros lados. Depois disso, tem que ver o quanto pode gastar e o melhor que pode ser aproveitado de cada coisa. Tem que definir as suas prioridades e focar nelas. Cada um tem uma opinião sobre isso: tem gente que prefere dar ênfase no buffet e não gastar tanto com o DJ, e tem gente que prefere o contrário.

Agora, um pouco mais sobre a Sarah. Como você definiria seu estilo? Sou muito eclética no que eu visto. Tem dias que eu posso sair de saia e mais feminina. E tem dias que eu resolvo sair de tênis, mais street. Hoje em dia tenho gostado bastante de peças mais simples e cores sóbrias, tipo preto, branco e cinza. E adoro acessórios, sempre estou usando algum. Desde pequena sempre fui muito vaidosa. Não preciso estar mega produzida, mas gosto de estar bem comigo mesma.

Qual seria uma viagem dos seus sonhos? Tenho muita vontade de conhecer a Austrália, porque eu gosto muito de praia. Tenho muita vontade de passar bastante tempo lá, acho que é um lugar muito bonito e bem diferente do que a gente vive, é do outro lado do mundo!

Como é a relação Sarah x Família? É ótima! Principalmente com os meus pais. A gente tem muito contato e muita intimidade, desde que eu era nova. Sempre conversamos sobre tudo, somos bem próximos. E com toda a minha família também: os meus avós, os meus tios.. a gente se encontra sempre. Eles são muito importantes pra mim!

E Sarah x Amigos? Também! A maioria das minhas amigas hoje, são minhas amigas desde sempre. A gente cresceu juntas, e por causa da Âmbar (a gente sempre dançou juntas) fez com que continuássemos amigas. E hoje fazemos praticamente tudo juntas. Mesmo não estudando no mesmo lugar, sempre damos um jeito de nos encontrar. E tem as minhas amigas da escola também, estamos todos os dias juntas. A amizade é muito importante pra mim!

Quais são os seus planos para o futuro? Eu fiz um intercâmbio agora em janeiro, de 2 meses, mas eu tenho vontade de fazer outro para passar mais tempo, uns 6 meses ou 1 ano. De faculdade, eu quero fazer medicina. Já tem um tempo que eu penso nisso, e falo que não me imagino fazendo outra coisa hoje. E como eu estou no segundo, estou muito focada nisso e no que eu preciso fazer para conseguir.

O que você acha sobre bullying? É até difícil pra mim falar, porque eu acho uma coisa muito surreal você destratar alguém por qualquer motivo, seja por cor, orientação sexual, jeito de se vestir, físico… Independente de qualquer coisa, de você não concordar com o outro, a gente tem que respeitar as pessoas que estão perto da gente. Eu acho que o bullying é inaceitável em qualquer circunstância.

Pra finalizar… Se você fosse para uma ilha deserta e você só pudesse levar 3 itens, quais seriam? Que difícil! Rs. Eu acho que eu levaria um livro, que eu pudesse ler várias vezes. Levaria também algum aparelho que eu pudesse escutar música, que eu não vivo sem. Escuto música 24h por dia. E uma câmera, pra poder registrar os momentos.

OS AJUDANTES MAIS QUE ESPECIAIS

Ela e seus pais, Thyane Portugal e Leo Fonseca, são muito parceiros e zeram tudo juntinhos desde o começo: escolha dos vestidos, da decoração, confecção dos convites e prova dos doces e do bolo. Os avós Leo e Regina Fonseca foram super importantes, cederam com muito carinho a fazenda onde foi realizada a festa. Não bastasse todos esses detalhes para pensar ela, que faz aulas de dança desde pequena na Âmbar, pediu ajuda a professora Érica Mendes – a tia Érica – e montou uma coreografia incrível para apresentar aos seus convidados, com a ajuda da maravilhosa equipe Âmbar (Wanderlei Neto, Felipe Matos, Kivia Carino, Gisele Mendes, Amaury Bacelar e Riani Balbi). Agradecimentos também a: Di Festas (decoração), Frank Ribeiro (buffet), Pró-3 (som e luz), Silvana Damasceno (bolo), Sabrina Verdan (doces), Juvêncio Produções (cerimonial), Ana Nogueira (fotografia), Helix Filmes (vídeo book), Sou Produtora (vídeo da festa e clip da dança), Vera Satiro (vestido) e Simone Ghiotti da Mimo Presentes Perfumados (coroas de flores).

A IDEIA DA PRIMAVERA MÍSTICA

Muitas flores, fadas, borboletas e os quatro elementos da natureza (terra, fogo, água e ar) serviram de inspiração para a noite de comemorações, recriando esse universo mágico e maravilhoso que a gente adora. Muito vaidosa e eclética no estilo, Sarah já era fã do “sereismo” antes mesmo dele bombar e ama o mar. Pensando nisso, a fotógrafa Ana Nogueira sugeriu que ela incorporasse o estilo e fez um ensaio lindo nas praias de Arraial do Cabo, com direito a cauda de sereia e coroa de conchas que a própria Sarah fez! Para dar vida aos outros elementos da natureza, ela também virou fada, índia e fez fotos incríveis em um campo de rosas. Os clicks zeram parte da decoração da festa, deixando tudo ainda mais lindo.

compartilhe:
  • image

Tags:

jun 29

Saiba quais são as tendências de decor em 2017

DECOR, MAG

Decor à la Milano – Em noite exclusiva, a Todeschini apresentou tendências para 2017, junto ao dia do arquiteto

 Por Carolina Tardivo

A moda e a arquitetura são duas coisas que andam juntas. Ambas expressam a nossa identidade pessoal. Têm estilos, tendências, proporções, contraste, harmonia, equilíbrio e também lançamentos de coleções para as próximas temporadas. Com tantas novidades para 2017, Rodrigo Arenales, proprietário da loja exclusiva Todeschini Macaé, promoveu em dezembro passado um evento para comemorar o dia do arquiteto, apresentar o que há de novo no mercado e também proporcionar uma experiência gastronômica para os convidados. Tudo isso em uma noite agradável, de confraternização e aprendizado.

“Nosso objetivo é fazer com que todos os profissionais saiam um pouco da rotina e se encontrem em um local legal que reúne confraternização e novidades, pois estamos sempre em contato com esses colegas e também acompanhando as tendências de arquitetura e decoração para atender melhor o nosso público”, comenta Rodrigo que recebeu arquitetos, engenheiros e designers de interior no espaço Todeschini e contou com os chefs Bruno Geyer e Aldir Gaspar (CEDUCO) para prestigiar os convidados com suas delícias salgadas e doces.

Chef Bruno e Fernando Passeado

Sobre as novidades, o empresário conta que o estilo provençal é o hit do momento nas construções e o design que está em alta são os móveis com pintura perolizada – que deixam os ambientes com ares mais modernos. “Este tipo de acabamento é exclusividade nossa no Brasil e foi exposto na feira de Milão, uma das mais importantes para a arquitetura. Fomos até a Itália, conhecemos a tecnologia e trouxemos para nossa loja, com fabricação própria, um diferencial: material mais espesso e pintura dupla-face”, disse o empresário.

Roberto Michel, Rodrigo Arenales e Ricardo Cardoso

Ao todo, foram mais de 70 profissionais conhecendo as novidades da Todeschini e comemorando o dia dedicado a eles. “Eu e toda minha equipe temos muito prazer em receber amigos e colegas aqui e oferecer a eles experiências importantes e agradáveis. Sou grato pelo buffet e equipe do Ricardo Cardoso e também pela presença do amigo Fernando Passeado, do programa Raio X. Acredito no trabalho de cada um que esteve conosco e mostrar o que há de novo no mercado de arquitetura e decoração é o que a Todeschini faz de melhor”, disse Rodrigo junto aos seus colegas, que também nos contaram um pouco sobre a noite.

Carla Barcenar: A iniciativa de homenagear os arquitetos e possibilitar a interação é muito bacana. A Todeschini é sempre uma parceira presente e valoriza muito o nosso trabalho, nos escuta e procura sempre saber o que desejamos.

Nana Nogueira: É muito gratificante receber o reconhecimento da Todeschini que é sempre muito parceira. Foi uma ótima noite de confraternização com colegas de profissão e também uma noite de conhecimento, pois todo ano a Todeschini nos apresenta as novidades do mercado e o que será tendência.

Alberto Maciel, Adriano Silva, Roberto Michel, Arquiteta Nana Nogueira, Rafael Brites, Cristiano Tosolin, Luiz Castro

Julia Brennand: A Todeschini está sempre de parabéns em todos os eventos que faz, uma noite muito agradável com amigos e parceiros. E ainda mais especial com as palestras apresentando as novidades lindíssimas para 2017.

Renato Schueler (Subsecretário de obras Prefeitura Municipal de Macaé): Valorizar o profissional de arquitetura é especialidade da Todeschini e nós somos gratos por isso. No encontro, podemos conhecer as novidades e também confraternizar com amigos que, às vezes, não encontramos com frequência.

Arquitetos Renato Schueler, Claudia Coquito e amigos

Grasiela Mancini (Conselho de Arquitetura e Urbanismo RJ): A Todeschini está sempre valorizando os profissionais da área e trazendo algo de novo. Além das apresentações de tendências e da experiência gastronômica que tivemos, o bacana também foi promover o encontro entre os profissionais, que muitas vezes acabam tendo contato apenas pelo celular.

Arquiteta Grasiela Mancini

Marcelo Muquici: Gosto muito de trabalhar com o Rodrigo, ele sempre agrega algo nos nossos encontros e neste dia não foi diferente. Tivemos oportunidade de conhecermos novos materiais e também confraternizar com colegas. Foi uma noite ótima!

Marcelo Muquici

Lorena Corrêa: A Todeschini, além de nos dar total liberdade e atendimento diferenciado, está sempre antenada e nos mantendo informados do que há de novo no mercado. O evento serviu para confraternizarmos e também aprendermos um pouco mais das tendências.

Lorena Corrêa e filha

EXPORTANDO IDEIAS

A Semana de Design de Milão é dedicada aos profissionais da área de arquitetura e decoração, e também aos apaixonados pelas diferentes ideias que surgem por lá anualmente. Ela é o ponto de referência em âmbito mundial no setor de casa, mobiliário e equipamentos para a indústria de móveis e atrai pessoas do mundo inteiro, além de ditar moda e tendência desde 1961, ano em que foi criada.

compartilhe:
  • image

jun 26

Do Clássico ao Glamour

MAG

Por Carolina Tardivo

COM AMOR E PRAZER PELO QUE FAZ, A EMPRESÁRIA SÔNIA VIANA DA LOJA MARA, NOS CONTA UM POUCO SOBRE SUA TRAJETÓRIA E INSPIRAÇÃO DE VIDA: SUA FILHA

Mara e Sônia Viana

Todo mundo um dia passa por reviravoltas na vida e acaba seguindo um caminho que nunca imaginou. Se não é todo mundo, pelos menos é a maioria das pessoas. Porque a vida é assim, ela está sempre nos surpreendendo. Com Sônia Viana não foi diferente. Baiana, filha de comerciante e professora de formação, descobriu em Macaé que a sua vocação era outra. Dona de uma personalidade forte e ao mesmo tempo serena, a proprietária da loja Mara, que completa 13 anos no mês de junho (2017), nos contou como tudo começou.

Batalha para alcançar

“Após trabalhar em uma loja, percebi que eu pertencia ao universo da moda e do comércio. A partir disso, tive muita vontade de ter o meu próprio espaço, com a minha cara. Então comecei a buscar e batalhar pelo meu objetivo. Conquistei a minha primeira loja – pequena e em um bairro mais afastado. Ia até as minhas clientes distantes e, com o tempo, tudo foi acontecendo como eu desejei. Alguns anos depois, mudei a loja para o mais próximo do centro possível e, mais uma vez, com calma e trabalho, mudei-me para onde sempre almejei – centro da cidade. O nome “Mara” foi escolhido por causa da minha filha, ela é a minha inspiração, é a pessoa que me faz querer vencer todos os dias,” fala emocionada e com brilho nos olhos. Acrescenta, ainda, que aprendeu com a vida que podemos ser o que quisermos.

O segredo: atendimento e proximidade
Antenada na moda e buscando sempre ser o diferencial que suas clientes buscam, a empresária garante que algumas são de longa data e atribui a relação de amizade ao bom atendimento que é oferecido. “Nós sabemos que os modelos que oferecemos na loja são de qualidade e fazem parte do guarda-roupa de boa parte das mulheres, mas o nosso atendimento, sem dúvidas, é o diferencial. Faço questão de escutar todas as sugestões e anseios das mulheres que entram em busca de algo e prezo para que elas se sintam à vontade na loja”, conta a proprietária que, sempre antes da troca de coleções, estuda tudo que está em alta no mundo fashion e escolhe a dedo o que irá parar nas suas araras.

Do brilho ao minimalismo
Do clássico ao glamour, hoje a loja Mara oferece não só roupas casuais como também vestidos de festa, que são as peças desejo das mulheres, de acordo com Sônia. “Me preocupo em ter modelos com brilhos, rendas e transparências, e também os mais discretos e clássicos – que nunca saem de moda. Hoje a procura por eles cresceu muito e o minimalismo faz parte da vida de muitas mulheres”, explica. Com tanto amor e prazer pelo que faz, a empresária planeja um futuro não muito distante de novidades e ainda mais peças lindas para suas clientes.

 

compartilhe:
  • image

Tags:

jun 21

Trends Now – Tips e Inspirações para encarar o Inverno 2017

ÂMBAR MAG

Por Zu Oliveira

Selecionamos quatro tendências dessa temporada para você arrasar!

1. Tropa de Elite: A cada inverno a pitada militar é atualizada, tanto nas cores, quanto nas modelagens desejo de cada marca. Agora não será diferente, não senhor!

2. Slide On: Febre nos anos 90, há algumas temporadas ela vem dando o ar da graça nas semanas de moda e nos pezinhos das mais descoladas. Mesmo no tempinho mais ameno esse hit continua em alta!

3. Pronta pro Combate: Também carregada de inspiração militar, as botas combate estão guiando os passos do streetstyle mundo à fora. Cheia de personalidade é must have desse inverno.

4. A Era do Veludo: Prepare-se amiga, esse é o inverno dele, não adianta fugir ou torcer o nariz. As mais antenadas já aceitaram que ele não é coisa de vovó. Se não pode contra ele, junte-se a ele!

compartilhe:
  • image

jun 19

Conheça a Bichectomia, procedimento estético que promete afinar o rosto

BELEZA, LIFE&STYLE, MAG

Por Carina Melo

Quem nunca parou para ficar admirando as maçãs do rosto super destacadas de Angelina Jolie, Kim Kardashian, Victoria Beckham e Megan Fox? Confessa! Você também já invejou (inveja branca, quem nunca?) a genética abençoada delas. Só que não é bem assim. Na verdade, o que vemos ali é o resultado de uma das cirurgias mais comentadas e desejadas dos últimos tempos: a bichectomia.

Antes e Depois

40 minutos e pronto!

Esta técnica nada mais é que a remoção cirúrgica do tecido adiposo que temos na bochecha, entre maxilar e mandíbula, chamada bola de bichat. Todo mundo tem, uns menos e outros mais. Sua função anatômica é auxiliar na sucção na fase da amamentação, por isso que os bebês que estão nessa fase costumam ter o rosto mais fofinho. Após a infância, ela perde essa finalidade, podendo ser retirada sem problema algum. “O procedimento é bem simples e pode ser feito dentro do próprio consultório. Com duração de aproximadamente quarenta minutos, fazemos um pequeno corte na parte interna da boca com anestesia local. A recuperação pós-cirúrgica é rápida e tranquila”, informa Dr. Leandro Pacheco, especialista em Lipoplastia Facial: Bichectomia e Redução de Papada com ácido deoxicólico.

Essa pode ser a solução para muitas pessoas, mulheres e homens (sim, eles procuram, e muito, por esse método), que sempre tiveram preocupação com as bochechas mais volumosas. “Conseguir diminuir essa região apenas com a perda de peso é muito difícil: a bola de bichat é a última gordura do corpo a ser eliminada”, comenta o cirurgião-dentista. Se você está pensando em fazer essa cirurgia, lembre- se: só um profissional especializado poderá avaliar e indicar o melhor tratamento para seu caso.

Dr. Leandro também é especialista em ortodontia, implantes, odontologia do trabalho, ronco e apneia do sono.

compartilhe:
  • image

jun 19

Festa coletiva é tendência!

ÂMBAR MAG

Por Juliana Poeys

Festa coletiva é tendência! Duvida? A Win Eventos dá 4 bons motivos para você fazer sua festa de 15 anos como ninguém nunca viu igual!

1 – Menos “Dindim”, mais Glamour!

Para os pais, fazer uma festa digna de suas princesinhas pode ser um desafio, já que os custos geralmente são bem altos. Anna Paula Anjos, idealizadora do projeto Princess Party, garante que você pode gastar menos e ter mais: “A festa é feita para cerca de 30 meninas prestes a completar seus 15 anos. Todos os custos são divididos entre os pais, reduzindo os gastos e proporcionando o que há de melhor para uma verdadeira noite de princesa: uma decoração glamourosa, muita diversão e a qualidade nos serviços oferecidos”. Além disso, cada uma terá direito a uma mesa exclusiva para seus convidados e um número determinado de convites, mas também será possível adquirir outros convites para não deixar ninguém da galera de fora dessa.

2 – Várias BFF’s Novas

Uma festa coletiva pode ser uma oportunidade incrível para conhecer várias outras meninas que também estão planejando a festa de 15 anos, assim como você. Dá para montar aquele grupo no whats com todas elas e compartilhar modelos de vestido e penteado, ideias de make, de acessórios e várias outras coisas. Não é demais?! Todas as meninas passam por uma pré-seleção feita pela equipe da Win Eventos, empresa responsável pelo projeto. A partir disso, elas são ouvidas pela comissão da festa e dão palpites e sugestões para o baile ficar do jeitinho que elas querem. As atrações, o DJ e o momento tradicional da valsa fazem parte dessa noite super especial!

3 – Um Príncipe aos seus Pés!

E, para isso, nem será preciso perder o sapatinho de cristal, gata! É possível ter a presença ilustre de um ator ou cantor que você adora para fazer a felicidade das meninas (e a sua, claro!). Além de participar da festa, o gatinho vai dançar a valsa com as aniversariantes, tirar várias fotos e “coroar” a Princesa do Ano. Vai perder a chance de tirar uma selfie com seu ídolo? Nunquinha, né?

4 – A Princesa do Ano

Vestido longo, valsa e uma noite mágica. A festa de 15 anos é um marco na vida de toda menina que deseja ter uma festa de princesa no estilo conto de fadas. Imagina ter uma festa linda, super glam para comemorar com todos os amigos e ainda ser coroada Princesa do Ano? Simm! A aniversariante vencedora de 5 tarefas será coroada a Princesa do Ano e a coroação será feita por ninguém mais, ninguém menos que o príncipe escolhido para participar da festa. Que sonho!

Como faz para participar? O início das inscrições para o processo seletivo da 1a edição da Princess Party está previsto para maio e será feito de forma direta, através de fichas que serão entregues em algumas escolas ou pelo site da Win Eventos (www.winmacae.com.br). A primeira festa deve acontecer já em novembro deste ano e a próxima no ano que vem, para atender às meninas que fazem aniversário em 2018.

 

compartilhe:
  • image

fev 24

Dicas para deixar o ambiente mais elegante

LIFE&STYLE, MAG

O estilo clean é um princípio de decoração contemporânea, ditado pela ausência de elementos ornamentais ou supérfluos, limpeza nas formas e pureza de linhas. Além de conferir ar moderno, proporciona liberdade, mais espaço para circular e sensação de frescor.

Nana Nogueira, como assina a arquiteta Eliana Nogueira, explica: “Para pensar em um projeto sempre partimos de algum ponto de referência. Nesse caso em particular, partimos dessa Sala de Jantar/TV. Os proprietários, Dra. Alessandra Nogueira e seu marido Dr. Júlio Máximo, faziam questão do mármore italiano – crema marfil – para o piso”. Pensando na cor, no tom que remete um ar sofisticado, os móveis planejados do ambiente foram todos pensados no conceito sóbrio e elegante do piso. No momento em que as portas do apartamento se abrem você imediatamente se depara com a estante que, para Nana, é o que causa impacto no ambiente. “Uma estante com nicho, iluminação e que não brigasse com o piso, por isso o off-white”, comenta a arquiteta. Toda irregular, é requintada e com funcionalidade, pois é toda composta por armários que se abrem com um simples toque. Para a Sala de TV o protagonista é o home. Desejando um móvel que casasse com o ambiente, nota-se a cor branca como destaque, além de um painel que alcança todo o perímetro da parede para que o projeto não ficasse com cara de planejado, como se fosse uma concepção única.

“É o conjunto de detalhes que faz o espaço todo entrar em harmonia”, diz Nana Nogueira, que confia na Todeschini. “O móvel planejado é mais prático e a grife de móveis Todeschini transmite segurança. É a melhor empresa no quesito qualidade e atendimento. Você fecha o contrato e no prazo programado pela empresa, seu tão desejado móvel já vai estar montado”, afirma a arquiteta.

A arquiteta Nana Nogueira

 

compartilhe:
  • image

fev 21

Descubra onde encontrar soluções rápidas e eficazes para seus problemas de saúde e estéticos!

BELEZA, LIFE&STYLE, MAG

A vida está cada vez mais corrida. De casa para o trabalho, do trabalho para casa, dar atenção à família. A correria do dia a dia faz com que muitas pessoas não tenham tempo para se cuidar. Com toda essa agitação é necessária uma pausa para cuidar da beleza e da saúde. Além da saúde do corpo, precisamos zelar também por nossa saúde mental. Problemas psicológicos são consequências desse processo e desequilibram o funcionamento do corpo, geram desconfortos e prejudicam o seu lifestyle.

Ao perceber esses problemas, a então fisioterapeuta Paula Simões decidiu abrir a Clínica Corpus, o que a transformou em uma profissional motivada e realizada. Inaugurada em 2007, a clínica nasceu da ideia de oferecer o máximo de especialistas na área de saúde e estética em um só lugar, com qualidade. Médicos, fonoaudiólogos, dermatologistas, fisioterapeutas e outros profissionais fazem parte da grade da clínica. Cuidar de uma dor de ouvido e fazer uma consulta para a redução de celulites? Sim, é possível!

Consultas psicológicas também são oferecidas na clínica, que conta com três psicólogos com múltiplas especialidades, preparados para atender a sua necessidade. Outros serviços bastante requisitados são as consultas com nutricionistas e as sessões de terapias, como acupuntura, pilates, massoterapia e RPG.

A multidisciplinaridade da clínica, aliada a qualidade e a seriedade com que os serviços são prestados, atraem cada vez mais clientes buscando soluções rápidas e eficazes para seus problemas de saúde e estéticos. “Somos exigentes com relação ao atendimento ao cliente. Investimos no conforto das nossas instalações, sempre prestando serviços de qualidade, desde o atendimento na recepção, até profissionais bons e capacitados”, ressalta Paula.

PAULA FRANCINE

Proprietária da Clínica Corpus, Paula Francine é formada em Fisioterapia, possui três pós-graduações: em acupuntura, fisioterapia em UTI e fisioterapia dermatofuncional. Atualmente cursa MBA com direcionamento para gestão de clínicas. Buscando realização profissional e prazer, tentou trabalhar em outras áreas, mas encontrou na clínica a satisfação que procurava.

“Quando eu abri a clínica, eu sabia que minha vida era aquilo. Minha vida dependia da Clínica”, afirma Paula. Quando questionada sobre os maiores desafios, ela diz que o empreendedorismo é um dom e destaca que a pessoa precisa ter atitude para abrir um negócio. “Você tem que enfrentar muitas coisas, ouvir muitas coisas. Você tem que ousar. Independente do negócio que você queira abrir, se não tiver ousadia, você nunca vai se destacar”.

Sempre em busca de novas ideias, novos horizontes e do aperfeiçoamento do seu negócio, Paula tem muitas metas. Hoje, ela olha pra trás e lembra com leveza e satisfação das inúmeras situações boas e difíceis que passou nos últimos nove anos. Lembranças que a inspiram e a motivam para novas conquistas profissionais e a fazem almejar ainda mais sucesso para o seu negócio. Com o projeto de aumentar as especialidades oferecidas e tratamentos inovadores, a Clínica Corpus prepara novidades para todo o ano de 2017.

MUITO PRAZER, EU SOU CORPUS

Equipe Corpus

LUDMILA CANDECO | NUTRICIONISTA : “A Corpus é uma família. A gente se sente bem trabalhando aqui. O nosso trabalho é junto, um completa o outro. Somos amigos e a gente tem prazer em fazer o que a gente faz.”

CINTHIA MELO NEVES | NUTRICIONISTA: “Eu me sinto muito à vontade em trabalhar na Corpus. A Paula deixa a gente à vontade para cada um trabalhar do seu jeito. O clima da clínica é muito bom. A gente tem uma equipe muito boa e isso realmente faz a gente ter vontade de atender todos os dias.”

ALINE GOUVÊA | FISIOTERAPEUTA – ESTÉTICA: “Estou na Corpus há 9 anos e isso é muito bom. Foi um momento de crescimento desde que cheguei aqui. É um lugar onde a gente está sempre inovando e se aprimorando, pois a Paula está constantemente investindo em novas tecnologias. Pra mim é sempre sinônimo de crescimento.”

LAÍS BASTOS | FISIOTERAPEUTA – PILATES: “Trabalhar na Corpus é ótimo. Me sinto em casa, pois trabalho com uma pessoa que gosta muito de investir, a Paula é muito empreendedora. Me sinto em um ambiente que está sempre renovando, sempre à frente.”

PABLO CARDOSO | FISIOTERAPEUTA E ACUPUNTURA E RPG: “Trabalhar na Corpus é uma realização pessoal e profissional. Encontrei aqui amigos, pessoas honestas. Além de todo o profissionalismo, a gente busca a melhor qualidade para os nossos pacientes. É um prazer muito grande estar na clínica nesses três últimos anos e espero ficar aqui por outros.”

BRUNO TILLMANN | MÉDICO: “A Corpus é composta por uma equipe multi-profissional, então a gente consegue interagir com as diversas especialidades. E isso acaba unindo mais os tratamentos, os clientes e a própria equipe.”

 

compartilhe:
  • image

fev 09

Síndrome Do Pânico: Saiba Como Tratar Esse Mal

LIFE&STYLE

A PSICÓLOGA E PSICANALISTA, KATIA MARCONI, FALA SOBRE A SÍNDROME DE PÂNICO, QUE ATINGE, EM SUA MAIORIA, MULHERES NA FAIXA ENTRE 30 E 50 ANOS

Marina é a típica mulher dos dias de hoje. Independente, casada, dois filhos, profissional de sucesso. Tem suas fotos e comentários sempre curtidos e compartilhados no Facebook e no Insta, além de muitos seguidores no Twitter. Nos últimos dias, ela não passou bem. Teve taquicardia, dificuldade de respirar, sudorese e um medo absurdo de morrer. Foi ao pronto-socorro, mas seus exames não detectaram nada. Teve indicação para ir ao psicólogo e lá descobriu o seu problema. Ela tem Síndrome do Pânico.

A personagem é fictícia, mas pode ser qualquer mulher, em sua maioria na faixa de idade entre 30 e 50 anos, e que tenha um quadro de Ansiedade Generalizada. A psicóloga e psicanalista, Katia Marconi, explica que nos dias atuais há muita dificuldade das pessoas lidarem com suas perdas. “A sociedade idealizou uma supermulher, que até pode ter conflitos, mas é tão guerreira, que não se abate com nada. Então vêm as perdas e ela não tem o tempo necessário para lidar com elas. O luto faz parte das nossas vidas. É necessário vivê-lo”, afirma.

Katia explica que as perdas, necessariamente, não são só relacionadas aos casos de morte de pessoas queridas. “Algumas vezes pode ser um emprego, a saída de um filho de casa, o fim de um relacionamento. São várias causas que, como não são enfrentadas, acabam gerando essa ansiedade. Assim o que era para ser um luto passageiro, transforma-se em Síndrome do Pânico”, fala, acrescentando que o seu tratamento pode ser realizado por meio de terapias e, em alguns casos, com o auxílio de medicamentos prescritos por um médico.

Sob estresse

Outro problema comumente vivido pelas mulheres e, que pode ser confundido com a síndrome, é o Transtorno de Estresse Pós-Traumático. Com sintomas parecidos, ele é relacionado a morte ou o risco dela. “Este mal pode se desenvolver quando vivenciamos situações na qual nos deparamos com o risco da nossa morte ou de outra pessoa como em assaltos, acidentes e tragédias”, afirma.

Há um ano, a psicóloga desenvolve um trabalho junto com grupos de empresas offshore com problemas de acidente fatal de trabalho. “Faço o acolhimento da família, entrevistas psicológicas e aplicação de testes relacionados ao estresse para evitar que o transtorno se desenvolva”.

Celebridades também enfrentam o problema

A cantora Madonna tem a síndrome. Em entrevista, a rainha do pop informou que sofre de ataques de pânico antes dos shows, mesmo após 25 anos de carreira, isso porque ele acredita que vai decepcionar o público. A Uber model Gisele Bündchen também já revelou sofrer desse mal. Em 2005, durante uma viagem de avião para Barcelona, ela teve claustrofobia. Depois disso, a top decidiu procurar tratamento psicológico para se curar.